Pesquisa Mundial Sobre a Ocorrência de Micotoxinas - BIOMIN Q1 2017

As micotoxinas são uma família grande e crescente de substâncias tóxicas fúngicas que podem se desenvolver em vários tipos de produtos utilizados para alimentos e ração. O estudo sobre a ocorrência das micotoxinas realizado pela BIOMIN fornece uma visão geral sobre a incidência de aflatoxinas (Afla), zearalenona (ZEN), deoxinivalenol (DON), fumonisinas (FUM) toxina-T-2 (T-2) e ocratoxina A (OTA) nos componentes primários usados para ração, que incluem milho, trigo, cevada, arroz, farinha de soja, farinha de glúten de milho, grãos secos de destilaria (Dried Distillers Grains – DDGs) silagem, entre outros.

O risco à produção animal, relacionado a presença das micotoxinas, têm aumentado na maioria das regiões do mundo ao longo do primeiro trimestre de 2017. Mais de 14.000 análises foram conduzidas em 3.715 amostras de ração acabada e produtos não transformados, originárias de 54 países, de janeiro a março de 2017.

Principais tendências

  • Aumento recente nos níveis de contaminação por micotoxinas observados para milho, ração acabada e soja.
  • Deoxinivalenol (DON), detectado em 80% das amostras - é a micotoxina mais prevalente no mundo, seguido pelas fumonisinas (FUM), encontradas em 71% das amostras.
  • 76% das amostras de ração e produtos não transformados continham duas ou mais micotoxinas.

baixar PDF

Stay naturally informed with the latest from BIOMIN!