Vá para o conteúdo
Voltar para ínicio
Photo: BIOMIN

Vômitos

Causas e medidas corretivas

O vômito do animal é um sinal de que algo não vai bem. Esixtem diferentes causas de vômitos em suínos que exigem diferentes táticas de tratamento e prevenção.

O vômito não deve ser confundido com a regurgitação. O vômito é a eliminação do conteúdo gástrico pela boca. A regurgitação é o alimento ingerido que não chegou ao estômago e é eliminado pela boca. Caso haja dúvidas entre vômito e regurgitação, basta medir o pH do material eliminado.

O vômito tem um pH ácido e o material regurgitado é alcalino. Em suínos, o vômito é um sintoma de diversas doenças.

Causas patogênicas de vômitos em suínos

O vômito de suínos é um sinal clínico claro de:

  • Encefalomielite hemaglutinante (HEV)
  • Diarreia epidêmica suína (DES)
  • Gastroenterite transmissível (GET)
  • retirar pois é o mesmo que PSC.
  • Peste suína africana (PSA)
  • Peste suína clássica (PSC)
  • Doença de Aujeszky

Os leitões mais jovens são mais suscetíveis às infecções virais do que os leitões mais velhos. Para realizar o diagnóstico diferencial, verifique os principais sintomas e os sistemas orgânicos afetados pelos patógenos e, em seguida, inicie o controle das doenças.

Causas toxigênicas de vômitos em suínos

Sabe-se que a presença de algumas micotoxinas, como o deoxinivalenol (DON) e, em casos raros, a toxina T-2, na ração de suínos causa vômitos. A vomitoxina é uma micotoxina da família dos tricotecenos que foi isolada e caracterizada em 1973 como um importante fator que causa vômito e recusa de alimento em suínos. Ela pode ser encontrada no milho e em cereais contaminados principalmente por Fusarium graminearum.

Os sinais clínicos e os sintomas subclínicos de deficiência de diversos nutrientes variam muito até o momento em que os sintomas de deficiência começam a ficar evidentes. Certas deficiências nutricionais são mais comuns e têm consequências mais graves para os suínos do que outras.

Por exemplo, a deficiência de algumas vitaminas, como a niacina, riboflavina, tiamina (vitamina B1), piridoxina (vitamina B6), vitamina D, e também de zinco, pode causar vômitos em suínos. Por outro lado, o excesso de vitaminas D e B1 também pode causar vômitos em alguns casos.

Tabela 1. Diagnóstico diferencial de vômitos em suínos Fonte: BIOMIN
Causa potencialLista de verificaçãoMedida corretiva
Micotoxinas
Deoxinivalenol, toxina T-2

▢ Matérias-primas (ELISA) ou ração (HPLC) positivas

▢ Origem das matérias-primas historicamente contaminadas

▢ Prevenção de fungos, compra de matérias-primas limpas

▢ Usar Mycofix® em taxas de inclusão adequadas

Patógenos

Vírus:

  • GET, DES, doença de Aujeszky, PSA, PSC, HEV

 

Parasitas:

  • Strongyloides spp., Ascaris suum

▢ Epidemiologia

▢ Isolamento do vírus

▢ Necrópsia

▢ Histopatologia

▢ PCR, RT-PCR

▢ ELISA

▢ IHC

▢ Biosseguridade

▢ Vacinação

▢ Medidas adequadas de higiene

▢ Anti-helmínticos

Outros
  • Corpos estranhos
  • Deficiência de vitaminas (niacina, B1,B6, D)
  • Excesso de vitamina D
  • Toxicidade dos microelementos (arsênico, flúor, selênio, etc.)
  • Deficiência de zinco
▢ Análise das amostras de ração

▢ Remoção de corpos estranhos 

▢ Verificação das necessidades nutricionais

▢ Ajuste da formulação da dieta

Soluções

Loading

Artigos relacionados