Science & Solutions No. 60 - Swine

Controle dos desafios de desempenho intestinal

Levando-se em consideração o maior potencial genético das porcas altamente prolíficas e os altos níveis de produção de carne magra durante o período de engorda, suínos em sistemas intensivos de produção enfrentam diversos desafios que devem ser cuidadosamente controlados.

A pressão para a conversão alimentar é alta em virtude do acesso limitado a ingredientes frescos e acessíveis para rações e em decorrência do estresse patogênico e ambiental ou de toxinas, tais como micotoxinas e endotoxinas. Para superar tais desafios, diversos países começaram a regulamentar o uso de antibióticos e aditivos para rações por conta dos potenciais riscos para a saúde humana ou contaminação ambiental.
As endotoxinas são liberadas durante a replicação ou lise bacteriana. Em animais saudáveis, o intestino age como uma barreira, impedindo a entrada de endotoxinas no sangue. Entretanto, em momentos de estresse ambiental, nutricional ou metabólico, pode haver o aumento da permeabilidade intestinal, permitindo a entrada de endotoxinas na corrente sanguínea, enfraquecendo o sistema imunológico e prejudicando o desempenho do animal. Durante a vida, os suínos são continuamente expostos a endotoxinas.
Nesta edição de Science & Solutions, mantemos você naturalmente à frente com três artigos contendo diferentes dicas de manejo para maximizar a conversão alimentar, estabelecendo um melhor estado de saúde e um maior escore de condição corporal na fase inicial da vida dos suínos, melhorando também a proteção intestinal com a inclusão de aditivos para rações seletivos na dieta dos suínos.
As condições industriais nem sempre são favoráveis para a produção de carne suína de alta qualidade que se converte em lucros elevados para os produtores. Esta edição de Science & Solutions oferece a você uma visão científica e prática, dando continuidade à nossa ênfase em formas naturais e sustentáveis para ajudar os produtores a melhorar a produtividade e a rentabilidade do rebanho.

Esperamos que aprecie a leitura deste número da Science & Solutions, que o mantém naturalmente informado.

NESTA EDIÇÃO:

Você está gerenciando seu risco de endotoxinas?
As endotoxinas são liberadas durante a replicação ou lise bacteriana. Em animais saudáveis, o intestino age como uma barreira, impedindo a entrada de endotoxinas no sangue. Entretanto, em momentos de estresse ambiental, nutricional ou metabólico, pode haver o aumento da permeabilidade intestinal, permitindo a entrada de endotoxinas na corrente sanguínea, enfraquecendo o sistema imunológico e prejudicando o desempenho do animal. Quando incluído na dieta, o Mycofix® é capaz de combater o impacto negativo das endotoxinas.

Dez dicas de manejo para garantir o sucesso do seu rebanho de suínos
Os leitões e as porcas são os dois grupos de animais mais importantes na suinocultura. Siga essas 10 dicas para o aproveitamento máximo do seu rebanho.

Os antibióticos promotores de crescimento podem ser substituídos por aditivos fitogênicos para rações?
Muitas formulações de rações para suínos não contêm mais antibióticos promotores de crescimento (AGP) por conta das crescentes exigências dos consumidores e da pressão regulatória. A não ser que os AGPs sejam substituídos por uma alternativa adequada, problemas de desempenho podem surgir já que a energia para o crescimento será utilizada para combater os desafios patogênicos. Os aditivos fitogênicos para rações são uma alternativa viável em virtude de suas propriedades anti-inflamatórias.

  

Subscrever